3 ª dose: Saúde confirma redução de intervalo do reforço de 6 para 5 meses

138
O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, confirmou, nesta sexta-feira (12/11), a redução do intervalo de aplicação da dose de reforço da vacina contra a COVID-19 de seis para cinco meses.
A DELIBERAÇÃO CIB-SUS/MG Nº 3.610, foi publicada na edição de hoje no Diário Oficial do Estado.
O adiantamento de um mês está condicionado à disponibilidade de doses nos municípios.
O encurtamento do prazo visa manter os grupos mais vulneráveis e expostos à COVID-19 protegidos, já que a imunidade conferida pelos imunizantes atualmente disponíveis no mercado entra em declínio a partir de seis meses após a conclusão do esquema vacinal.
A Secretaria Municipal de Saúde, a partir da próxima semana, levará em consideração redução no intervalo de aplicação da dose de reforço da vacina contra a COVID-19, tendo em vista a disponibilização de doses no momento.