Semana antimanicomial prossegue. Ciclo de palestras contou com a presença de importantes personalidadedes

26

A Prefeitura Municipal de Além Paraíba, através da Secretaria Municipal de Saúde e CAPS – Centro de Atenção Psicossocial de Além Paraíba, nos dias 13 a 17 de maio, estamos vivenciando a Semana da Luta Antimanicomial, um movimento que busca superar estigmas, reconquistar o respeito e lutar por uma saúde mental digna e humanizada. No dia 13/05, as ruas do centro da cidade foram palco de uma inspiradora caminhada dos usuários da saúde mental. Essa demonstração de força e união ecoou por toda a comunidade, mostrando que juntos somos capazes de transformar realidades.

No dia 15/05, a Câmara Municipal de Além Paraíba foi o cenário de uma conferência marcante na luta antimanicomial. Diversos especialistas e profissionais renomados se reuniram para compartilhar conhecimentos e insights valiosos.

A palestrante Daniela Arbex trouxe à luz uma discussão crucial sobre o “Holocausto Brasileiro”, desvelando aspectos sombrios da história que precisam ser confrontados para avançarmos na humanização do cuidado em saúde mental.

A psicóloga Erica Victorio abordou o tema da desinstitucionalização e a liberdade como parte integrante do cuidado no território. Suas reflexões questionaram paradigmas e apontaram para novas formas de acolhimento e tratamento.

Bethânia Caetano, assistente social comprometida, trouxe à tona a trajetória da internação à comunidade, destacando a importância de construirmos práticas de acolhimento e cuidado que respeitem a dignidade e a autonomia dos indivíduos.

Por fim, a psicóloga Fernanda Oliveira encerrou as reflexões do dia com um chamado à diversidade, ao respeito e ao empoderamento. Sua mensagem ressoou como um manifesto em prol de um cuidado em saúde mental que não dependa de manicômios, mas sim da valorização da singularidade e da plenitude de cada pessoa.

Nesta Semana da Luta Antimanicomial, estamos plantando sementes de transformação e construindo um futuro onde a saúde mental seja tratada com o cuidado e o respeito que todos merecem. Juntos, estamos fechando as portas para o estigma e abrindo caminhos para uma sociedade mais inclusiva e compassiva.

COMUNICAÇÃO/PMAP – 16/05/2024