Galpão da antiga Côrtes que colocava em risco a segurança da população está quase todo demolido

100

O galpão da antiga Comércio e Representações Côrtes no Jardim Paraíso está quase que integralmente demolido. Segundo o Secretário Municipal de Serviços e Obras Públicas, Plínio Moreira Filho, a demolição controlada foi contratada e autorizada pelo Prefeito Miguel Belmiro de Souza Júnior que levou em conta que o prédio em ruínas poderia colocar em risco a segurança da população do entorno.

Caso o prédio que apresentava importantes rachaduras e sinais de que não se sustentaria viesse a cair além de ter o potencial de atingir casas próximas ainda represaria o rio Limoeiro fazendo com que o mesmo transbordasse e causasse transtornos a população.

Houve a autorização judicial para que a massa falida da antiga Côrtes usasse os recursos judiciais de créditos falimentares para a demolição controlada no entanto, o Síndico da Falência ao buscar os recursos para o custeio da intervenção surpreendeu-se com o arresto do dinheiro pelo antigo Governo de Minas Gerais.

Sem recursos para custear a demolição por parte da massa falida e em sendo o local um prédio particular, a Prefeitura ficou impedida de intervir rapidamente para solucionar o problema. Com as chuvas de janeiro, o Prefeito foi avisado que o prédio da antiga empresa poderia e deveria ruir desordenadamente a qualquer momento. Miguel Belmiro de Souza Júnior afirmando que preservar a vida das pessoas é em seu entender a prioridade de qualquer governo determinou a contratação de empresa especializada para proceder a demolição.

Segundo o Secretário Plínio, o teto, as paredes e ferragens já foram demolidas e agora a empresa deverá se dedicar a retirada dos entulhos da antiga construção.

Assessoria de Comunicação / Cerimonial – Prefeitura de Além Paraíba – 10/03/2023